quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Secretaria da Educação - MS abre concurso com 480 vagas em diversas cidades

As Secretarias de Estado de Administração e Educação de Mato Grosso do Sul publicaram o edital do concurso público nº. 01/2013 com 480 vagas para a carreira de Apoio à Educação Básica.
Serão contratados Agentes de Atividades Educacionais, nas funções de Agente de Limpeza, Agende de Merenda e Agente de Recepção e Portaria. O salário é de R$ 847,50 e para concorrer, o candidato deve ter o curso de ensino fundamental completo.
Também existem vagas que exigem o ensino médio para o cargo de Assistente de Atividades Educacionais, nas funções de Assistente de Atividades Educacionais, Assistente de Inspeção de Alunos e Técnico de Biblioteca. A remuneração é de R$ 1.103,45 para Técnico de Biblioteca e de R$ 1.050,90 para os demais.
As vagas estão distribuídas entre os municípios de Alcinópolis, Anastácio, Anastácio (Aldeia Aldeinha), Aquidauana, Aquidauana (Aldeia Bananal), Aquidauana (Aldeia Lagoinha), Aquidauana (Aldeia Limão Verde), Bandeirantes, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Camapuã, Camapuã (Distrito Pontinha do Cocho), Campo Grande, Campo Grande (Distrito Anhandui), Caracol, Corguinho, Corumbá, Corumbá (Aldeia Uberaba), Costa Rica, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Dois Irmãos do Buriti (Aldeia Água Azul), Dois Irmãos do Buriti (Aldeia Buriti), Figueirão, Guia Lopes da Laguna, Jaraguari, Jardim, Ladário, Miranda, Miranda (Aldeia Lalima), Nioaque, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia, Sidrolândia (Aldeia Córrego do Meio), Sidrolândia (Assentamento Eldorado), Sidrolândia (Distrito Quebra Coco), Sonora, Terenos, Amambai, Aldeia Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Aral Moreira (Distrito Vila Marques), Caarapó, Caarapó (Aldeia Twyukue), Caarapó (Distrito Nova América), Coronel Sapucaia, Deodápolis, Deodápolis (Distrito Porto Vilma), Dourados, Dourados (Aldeia Jaguapiru), Dourados (Distrito Indápolis), Dourados (Distrito Ithaum), Dourados (Distrito Vila Vargas), Fátima do Sul, Itaporã, Itaporã (Distrito Montese), Itaporã (Distrito Piraporã), Itaporã (Distrito Santa Teresinha), Japorã, Laguna Carapã, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Ponta Porã (Assentamento Itamarati I), Ponta Porã (Assentamento Itamarati II), Ponta Porã (Distrito Sanga Puitã), Rio Brilhante, Angélica, Angélica (Distrito Ipezal), Batayporã, Eldorado, Iguatemi, Itaquirai, Ivinhema, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Nova Andradina (Distrito Nova Casa Verde), Novo Horizonte do Sul, Sete Quedas, Tacuru, Água Clara, Anaurilândia, Anaurilândia (Distrito Quebracho), Aparecida do Taboado, Bataguassu, Brasilândia, Cassilândia, Chapadão do Sul, Inocência, Inocência (Distrito São Pedro), Paranaíba, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Três Lagoas e Três Lagoas (Distrito Arapuá).
Os interessados devem inscrever-se no período de 30 de outubro de 2013 a 12 de novembro de 2013, pelo site www.concurso.ms.gov.br. A taxa de inscrição é de R$ 89,60 para Assistente de Atividades Educacionais e de R$ 53,76 para Agente de Atividades Educacionais.
A seletiva constará de Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com questões sobre conteúdos constantes no edital, prevista para ser aplicada no dia 8 de dezembro de 2013, nos municípios de Campo Grande, Três Lagoas, Dourados e Naviraí.
O certame terá a validade de dois anos, a contar da data de publicação do Edital de Homologação no Diário Oficial do Estado, podendo ser prorrogado por igual período.

Etec de Teodoro Sampaio - SP seleciona Professores de várias áreas

Tem início hoje, 30 de outubro de 2013, o período de inscrições para o processo seletivo nº. 156/15/2013 da Escola Técnica Estadual Professora "Nair Luccas Ribeiro" de Teodoro Sampaio, São Paulo.
Será formado cadastro reserva para a contratação temporária de Professores, com a hora-aula de R$ 14,81, para os seguintes cursos e áreas:
  • Base Nacional Comum do Ensino Médio - Língua Portuguesa e Literatura, Artes, Educação Física, História, Geografia, Matemática, Física, Química, Biologia, Sociologia e Filosofia;
  • Parte Diversificada do Ensino Médio - Inglês;
  • Informática Integrada ao Ensino Médio - Programação de Computadores I, Desenvolvimento de Software I, Redes de Comunicação de Dados I, Análise de Programação, Gestão de Sistemas Operacionais II e Tecnologia e Linguagens para Banco de Dados II;
  • Informática para Internet Integrada ao Ensino Médio - Lógica de Programação, Instalação e Manutenção de Computadores, Ética e Cidadania organizacional e Gestão de Sistemas Operacionais;
  • Logística - Planejamento Empresarial e Empreendedorismo, Aplicativos Informatizados em Logística, Ética e Cidadania Organizacional e Linguagem, Trabalho e Tecnologia;
  • Produção de Cana-de-Açúcar - Ética e Cidadania Organizacional, Gestão do Agronegócio da Cana-de-Açúcar, Logística da Produção de Cana-de-Açúcar, Assistência Técnica e Extensão Rural, Operações e Processos Mecânicos III, Produção Vegetal III e Projetos e Instalações Rurais;
  • Marketing - Gestão de Vendas II, Linguagem, Trabalho e Tecnologia, Técnicas de Informação e Comunicação Mercadológica, Espanhol Instrumental I, Estratégias de Marketing e Informática Aplicada ao Marketing;
  • Agroindústria - Ética e Cidadania Organizacional, Tecnologia de Produtos Não Alimentícios, Tecnologia de Produtos Vegetais, Gestão Agroindustrial, Segurança Alimentar, Assistência Técnica Agroindustrial e Inglês Instrumental;
  • Informática - Inglês Instrumental, Lógica de Programação, Técnicas de Programação para internet I, Técnicas e Linguagens para Banco de Dados I, Análise de Sistemas, Gestão de Sistemas Operacionais I, Operação de Software e Aplicativo, Instalação e Manutenção de Computadores e Linguagem, Trabalho e Tecnologia;
  • Administração - Inglês Instrumental, Marketing Institucional, Administração em Marketing, Gestão Financeira e Econômica, Legislação Empresarial, Custos e Operações Contábeis, Cálculos Estatísticos, Gestão Empreendedora e Inovação, Gestão de Produção e Materiais, Logística Empresarial e Negociação Internacional e Gestão de Pessoas II e III.
Os interessados devem realizar a inscrição até o dia 1º de novembro de 2013, das 8h às 17h, na Etec Professora Nair Luccas Ribeiro, na Rua Pará, nº. 506, Estação, Teodoro Sampaio.

Prefeitura e Câmara de Planaltina do Paraná - PR abrem concursos públicos

Já estão abertas as inscrições para os Concursos Públicos (CPs) 01 e 02/2013 da Prefeitura e 01/2013 da Câmara Municipal de Planaltina do Paraná, que serão executados pela Objetiva Concursos.
CP 01/2013 é voltado ao preenchimento de 42 vagas e formação de Cadastro Reserva (CR), como pode ser visto a seguir:
  • Nível Fundamental - Agente de Manutenção, Lavagem e Lubrificação (1), Agente de Serviços I (4), Motorista (5), Operador de Máquinas I (1) e Operário I (2);
  • Nível Médio - Agente Administrativo I (8), Atendente de Farmácia (1), Auxiliar de Enfermagem I (2), Educador Infantil (4), Orientador de Informática (3) e Recepcionista I (1);
  • Nível Superior - Advogado (1), Enfermeiro (CR), Médico (4), Nutricionista (1), Professor de Educação Física (1), Psicólogo (1), Psicopedagogo (1) e Técnico de Finanças (1).
Os salários variam de R$ 678,00 a R$ 7.705,28 para trabalhar em jornadas de 20, 40 e 44 horas semanais.
Já o CP 02/2013 visa o preenchimento de quatro vagas, sendo duas para Agente Comunitário de Saúde (nível fundamental), uma para Atendente de Consultório Dentário (nível médio) e outra para Auxiliar de Enfermagem (curso na área e registro no Coren).
As remunerações variam de R$ 678,00 a R$ 725,67 em jornadas de trabalho de 40 horas semanais.
Por fim, o CP 01/2013 apresenta uma oportunidade na Câmara Municipal, para o cargo de Assistente Administrativo. A função requer ensino médio completo e o salário é de R$ 1.060,98 para atuar em jornadas de 40 horas semanais.
Os interessados devem se inscrever no período de 30 de outubro de 2013 a 13 de novembro de 2013, por meio dos seguintes links: CP 01/2013CP 02/2013 e CP 01/2013 (Câmara Municipal). As inscrições custam R$ 30,00 para cargos de nível fundamental, R$ 50,00 para nível médio e R$ 75,00 para os de nível superior.
A seleção dos participantes se dará por meio de prova objetiva para todos os cargos, além de prova prática para Motorista e Operador de Máquinas I e prova de títulos para as atividades de nível superior. A prova objetiva está prevista para o dia 12 de janeiro de 2014, em horário e local divulgados posteriormente.
Todos os CPs terão validade de dois anos, contados a partir da data de homologação dos resultados, podendo ser prorrogados por igual período, a critério da Prefeitura e Câmara Municipal.

Prefeitura de Cristino Castro - PI abre concurso com salários de até 9 mil

Entre os dias 4 e 26 de novembro de 2013, a Prefeitura de Cristino Castro, Piauí, estará com inscrições abertas para o teste seletivo nº. 01/2013 com 27 vagas para as funções a seguir:
  • Nível Fundamental - Vigia, Zelador e Agente Comunitário de Saúde;
  • Nível Médio - Auxiliar de Enfermagem, Técnico de Enfermagem e Agente de Endemias;
  • Nível Superior - Professores de Polivalência, Matemática, Português, Geografia, História, Enfermeiro PSF, Enfermeiro e Médico PSF;
A organização da seletiva será do Instituto Machado de Assis e os salários disponibilizados variam de R$ 678,00 a R$ 9.000,00 em jornadas de 20h e 40h semanais.
Os candidatos devem fazer a inscrição pelo site www.institutomachadodeassis.com.br, durante o período citado. A taxa de inscrição varia de R$ 25,00 a R$ 45,00 conforme cargo escolhido.
A triagem dos participantes constará de prova objetiva com 40 questões de múltipla escolha, equivalentes ao grau de escolaridade exigido por função. A previsão é de que essa avaliação seja aplicada no dia 1º de dezembro de 2013, das 9h às 12h.
Esse concurso terá validade de um ano, a contar da data de publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração Pública Municipal.

São João do Carú - MA abre seleção para Agente Comunitário de Saúde

A Prefeitura de São João do Carú, Estado do Maranhão, abrirá inscrições para o processo seletivo nº. 001/2013 que será executado pela empresa R&P Recursos Humanos. Esta seleção é voltada à contratação de sete Agentes Comunitários de Saúde.
Para exercer esta função, o profissional deve possuir ensino fundamental completo e residir na área em que pretende concorrer. O salário é de R$ 950,00 para trabalhar em jornadas de 40 horas semanais.
Os interessados devem se inscrever no período de 11 a 15 de novembro de 2013, das 8h às 12h e das 14h às 17h, na Secretaria Municipal de Saúde, localizada na Rua do Limão, sem número, Centro. No local, será necessário apresentar a documentação exigida no edital e o comprovante de pagamento da taxa, no valor de R$ 30,00.
Todos os participantes serão submetidos à prova escrita e Curso Introdutório de Formação Inicial. A prova versará sobre o conteúdo programático constante no edital e sua aplicação está prevista para o dia 24 de novembro de 2013, às 8h, em local divulgado posteriormente.
Este processo seletivo terá validade de dois anos, a contar da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período.

MPE - PR abre vaga para Estagiário de nível médio em Francisco Beltrão

Ficam abertas no período de 4 a 22 de novembro de 2013, as inscrições para o processo seletivo (edital 03/2013) do Ministério Público do Estado do Paraná (MPE), que objetiva o preenchimento de uma vaga de estágio junto à Promotoria de Justiça de Francisco Beltrão.
Esta oportunidade é destinada aos alunos do ensino médio que, em 2014, estejam devidamente matriculados a partir do 2º ano e que possuam 16 anos completos na data da posse.
O estágio terá carga horária de 20 horas semanais, com bolsa auxílio mensal de R$ 650,00 e auxílio transporte no valor de R$ 114,00.
As inscrições devem ser efetuadas das 13h às 18h, na Secretaria do Ministério Público, que fica no Edifício do Fórum, localizado na Rua Tenente Camargo, nº. 2.112, Centro. No local, o candidato deverá apresentar a documentação exigida no edital.
Todos os participantes serão submetidos a teste seletivo, composto por questões de múltipla escolha, interpretação de textos e redação. A aplicação do teste está prevista para o dia 28 de novembro de 2013, às 14h, em local divulgado posteriormente.

Recife - PE autoriza contratação de 20 profissionais para a SDSDH

Com a divulgação da portaria SDSDH/PCR nº. 30, de 25 de outubro de 2013, a prefeitura de Recife, Pernambuco, autorizou a publicação do edital de processo seletivo com o objetivo de contratar 20 profissionais de nível superior para a Secretaria Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH), sendo uma para pessoa com deficiência.
Serão 12 oportunidades para Assistente Social e outras oito para Psicólogo junto aos Centros de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) na Execução de Medidas Socioeducativas de Liberdade Assistida (LA) e Prestação de Serviço à Comunidade (PSC).
Em ambos os casos a jornada de trabalho será de 30h semanais e os contratos terão vigência de um ano.
Os interessados têm de 30 de outubro de 2013 a 4 de novembro de 2013 para realizar inscrição, que deve ser encaminhada à sede da Secretaria (Cais do Apolo, nº. 925, 6º andar, sala da Gerência do Sistema Único de Assistência Social, bairro do Recife - CEP 50.030-903), contendo formulário preenchido e documentos exigidos em edital.
A seleção será por meio de análise curricular e a validade do certame será de um ano, a contar de sua homologação.

Prefeitura de Domingos Martins - ES abre seleção para contratação em diversas áreas

A Prefeitura Municipal de Domingos Martins, Espírito Santo, tornou pública a abertura do Processo Seletivo - Edital nº 004/2013, destinado ao provimento de seis vagas, além de formação de cadastro reserva.
As oportunidades serão preenchidas nos cargos de Assistente Social (1 + CR), Psicólogo (1 + CR), Procurador Municipal (1), Auxiliar Administrativo (1 + CR), e Auxiliar de Educação Social (2 + CR), com remuneração que varia de R$ 914,90 a R$ 2.342,80.
Podem participar desta seletiva, profissionais que possuem formação educacional compatível com a exigida para cada vaga.
Os interessados devem efetuar as inscrições nos dias 4 e 5 de novembro de 2013, na Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, situada na Travessa Xavier, s/nº, Centro, Domingos Martins - ES. O horário de atendimento ocorrerá das 8h30 às 11h e das 13h30 às 16h.
Os candidatos que tiverem suas inscrições deferidas serão submetidos à verificação dos documentos entregues; dinâmica em grupo e/ou Entrevista; e Entrevista Individual, previstas para serem realizadas nos dias 18 e 19 de novembro de 2013.

Prefeitura de Campinas - SP abre 42 vagas médicas emergenciais

Com o objetivo de prover 42 vagas médicas emergenciais para atender ao Pronto Atendimento "Anchieta" e/ou Pronto Atendimento "Dr. Sérgio Arouca" (Campo Grande), a prefeitura paulista de Campinas anunciou a abertura do processo seletivo 006/2013.
São 35 oportunidades para Clínico Geral e sete para Pediatra, sendo que 5% da primeira especialidade serão para candidatos com deficiência.
Todos os contratos serão firmados em regime celetista e pelo período de um ano, prorrogável por igual período. Para jornadas de 12h semanais a remuneração será de R$ 2.059,89, enquanto que para 24h semanais esse valor sobe para R$ 4.119,80 e, para 36h semanais, será de R$ 6.179,75. Além disso, será pago prêmio de produtividade de R$ 1.300,00 a R$ 3.900,00; assim como Adicional de Atendimento Emergencial, no valor de 2,5% do salário inicial de carreira (referente a jornada de 36h semanais) por plantão de 12h; além de R$ 590,00 de auxílio refeição para jornadas acima de 20h semanais. Também haverá auxílio transporte.
Podem inscrever-se candidatos com graduação em Medicina e registro no Conselho de Classe e, no caso de Pediatra, será exigida residência médica na área.
As inscrições ficam abertas de 30 de outubro de 2013 a 5 de novembro de 2013 pelo site www.campinas.sp.gov.br, sem cobrança de taxa de participação.
A escolha dos profissionais será por meio de pontuação dos títulos apresentados. E, para mais detalhes, consulte o edital em nosso site.

EBSERH abre certame com 737 vagas para o HUCAM da UFES

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH, divulgou a abertura do período de inscrições dos Concursos Públicos - Editais nº 02/2013, 03/2013 e 04/2013, destinados ao provimento de 737 vagas no Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes, da Universidade Federal do Espírito Santo (HUCAM-UFES). Estes certames também formarão cadastro reserva.
Os profissionais aprovados nestas seletivas, farão jus á remuneração que varia entre R$ 1.630,00 e R$ 7.774,00, correspondentes aos regimes de 24h, 30h, 36h, ou 40 horas semanais.
CP 02 visa a seleção de 139 profissionais de nível superior, distribuídos em 66 especialidades da área Médica como conta a seguir: Médicos nas áreas de Anestesiologia (2); Angiologia (1); Cancerologia Cirúrgica (1); Cancerologia Clínica (1); Cardiologia (5 + 1 PNE); Cardiologia - Eletrofisiologia Clínica Invasiva (1); Cardiologia Pediátrica (1); Cirurgia Cardiovascular (1); Cirurgia de Cabeça e Pescoço (1); Cirurgia do Aparelho Digestivo (2); Cirurgia Geral (9 + 1 PNE); Cirurgia Pediátrica (2); Cirurgia Plástica (1); Cirurgia Torácica (1); Clínica Médica (11 + 1 PNE); Coloproctologia (1); Densitometria Óssea (1); Dermatologia (2); Diagnóstico por Imagem - Ultrassonografia Geral (1); Dor (1); Ecocardiografia (2); Ecografia Vascular com Doppler (1); Endocrinologia e Metabologia (1); Endocrinologia Pediátrica (1); Endoscopia Digestiva (1); Endoscopia Ginecológica (1); Endoscopia Respiratória (1); Gastroenterologia (1); Gastroenterologia Pediátrica (1); Genética Médica (1); Geriatria (1); Ginecologia e Obstetrícia (5 + 1 PNE); Hematologia e Hemoterapia (2); Hematologia e Hemoterapia Pediátrica (1); Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista 4 Hepatologia (2); Infectologia (1); Mamografia (1); Mastologia (1); Medicina da Família e Comunidade (1); Medicina do Adolescente (1); Medicina do Trabalho (1); Medicina Fetal (1); Medicina Física e Reabilitação (1); Medicina Intensiva (4 + 1 PNE) Medicina Intensiva Pediátrica (9 + 1 PNE) Nefrologia (3); Nefrologia Pediátrica (1); Neonatologia (5 + 1 PNE) Neurologia (2); Neurologia Pediátrica (1); Nutrologia (1); Médico - Oftalmologia; (2); Ortopedia e Traumatologia (1); Otorrinolaringologia (1); Patologia (2); Pediatria (6 + 1 PNE); Pneumologia (1); Psiquiatria (1); Radiologia e Diagnóstico por Imagem (4 + 1 PNE) Radiologia Intervencionista e Angiorradiologia (1); Reumatologia (1); Reumatologia Pediátrica (1); Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia (1); Urologia (1); Urologia - Transplante (1).
Já o CP 03, destina-se à seleção de 526 candidatos de nível superior e médio, para a área assistencial, nos seguintes cargos e áreas: Assistente Social (6 + 1 PNE); Biólogo (1); Biomédico (2); Cirurgião Dentista (2); Enfermeiros nas áreas Assistencial (164 + 9 PNE), de Cardiologia (4); Centro Cirúrgico (3); Nefrologia (4); Neurologia (1); Oncologia (1); Saúde da Família (1); Saúde da Mulher - Obstetrícia (2); Saúde do Trabalhador (1); Saúde Mental (1); Terapia Intensiva (4); Terapia Intensiva Neonatal (2); Terapia Intensiva Pediátrica (2); Urgência e Emergência (2); Vigilância (1); Farmacêutico (4 + 1 PNE) Físico - Física Médica - Radiodiagnóstico (1); Fisioterapeuta (29 + 2 PNE) Fisioterapeuta da área da Saúde da Mulher (1); Terapia Intensiva (3); Terapia Intensiva Neonatal (1); Fonoaudiólogo (4); Nutricionista (4); Profissional de Educação Física (2); Psicólogo - Área Hospitalar (4 + 1 PNE) Tecnólogo em Radiologia (1); Terapeuta Ocupacional (4); Técnico em Anatomia e Necrópsia (3); Técnico em Enfermagem (211 + 12), também na área de Saúde do Trabalhador (1); Técnico em Farmácia (4 + 1 PNE) Técnico em Laboratório de Patologia Clínica (6 + 1 PNE) Técnico em Radiologia (9 + 1 PNE) e Técnico em Saúde Bucal (1);
Por fim o CP 04 proverá 72 vagas na área administrativa, para candidatos que possuem ensino médio ou ensino superior, nas seguintes funções: Advogado (2); Analista Administrativos nas áreas de Administração (5 + 1 PNE); Contabilidade (1); Economia (1); Estatística (1); Jornalismo (1); Analista de Tecnologia da Informação em Processos (1); e em Suporte e Redes (1); Engenheiro Civil (1); Engenheiro Clínico (1); Engenheiro de Segurança do Trabalho (1); Pedagogo (2); Psicólogo - Área Organizacional (1); Assistente Administrativo (42 + 3 PNE); Técnico em Informática (2); 
Técnico em Química (1); e Técnico em Segurança do Trabalho (4).
O período de inscrições segue de 4 de novembro de 2013 a 9 de dezembro de 2013, exclusivamente pela internet, no site www.institutoaocp.org.br, com o recolhimento das taxas nos valores de R$ 30,00 ou R$ 50,00.
Os candidatos que tiverem suas inscrições deferidas, serão submetidos à aplicação de Prova Objetiva, Avaliação Curricular de Títulos e Experiência Profissional.
Mais informações podem ser obtidas nos endereços eletrônicos www.ebserh.mec.gov.br,www.institutoaocp.org.br,

DAE - CE abre Processo Seletivo para contratação de 76 profissionais

O Departamento de Arquitetura e Engenharia do Estado do Ceará (DAE - CE), tornou pública a abertura do Processo Seletivo - Edital nº 01/2013, destinado ao provimento de 76 vagas, destinadas ao desempenho de atividades técnicas de fiscalização de obras e serviços de engenharia.
As oportunidades estão descritas abaixo, de acordo com o nível de escolaridade exigido:
  • Nível Médio/ Técnico: Cadista (5) e Técnico em Edificações (10);
  • Nível Superior: Engenheiro Civil - Pleno I (24), Engenheiro Civil Calculista - Pleno I (4), Engenheiro Civil Instalação Predial - Pleno I (2), Engenheiro Eletricista - Pleno I (2), Engenheiro Mecânico - Pleno I (1), Arquiteto - Pleno I (10), Engenheiro Civil - Pleno II (10), Engenheiro Eletricista - Pleno II (2), Engenheiro Mecânico - Pleno II (1), e Arquiteto - Pleno II (5).
A remuneração devida aos profissionais aprovados varia de R$ 2.288,43 a R$ 6.441,00, de acordo com a função a ser desempenhada. O regime de trabalho para todas as funções, é de 40 horas semanais.
O período de inscrição seguirá de 11 de novembro de 2013 a 1 de dezembro de 2013, pelo site www.funcab.org, ou no posto de atendimento Emeif - Deputado José dias de Macedo, localizada à Rua Nunes Valente, nº 809, Meireles, Fortaleza - CE. O horário de atendimento no local será das 8h às 12h e das 13h às 17h, em dias úteis. As taxas a serem recolhidas são de R$ 58,00 e R$ 84,00.
Os candidatos inscritos aos cargos de nível médio, serão avaliados por meio de Prova Objetiva, já os inscritos para funções de nível superior, serão submetidos à aplicação de Provas Objetiva e de Títulos. O conteúdo programático sugerido para o teste, pode ser conferido no anexo do edital de abertura, disponível em nosso site.
Este Processo Seletivo é válido por um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

Prefeitura de Catas Altas - MG abre seleção com vagas de diferentes áreas

A Prefeitura Municipal de Catas Altas, Minas Gerais, publicou no Diário Oficial dos Municípios Mineiros de hoje, 28 de outubro de 2013, o extrato do processo seletivo destinado à admissão temporária de Arquiteto (20h semanais), Farmacêutico (20h), Auxiliar de Obras e Serviços Pesados (44h) e Auxiliar de Serviços Gerais (44h).
Os interessados devem inscrever-se no período de 29 de outubro de 2013 a 1º de novembro de 2013, das 8h às 11h e das 13h às 16h, no Departamento Pessoal da Prefeitura Municipal de Catas Altas.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3832-7113

Celesc Distribuição - SC abre concurso com 34 vagas de níveis médio e superior

Já estão abertas as inscrições para o concurso público da Celesc Distribuição (edital nº. 002/2013), Estado de Santa Catarina, que objetiva contratar 34 profissionais.
Para quem possui o ensino médio completo, há 32 vagas no cargo de Atendente Comercial. De início, o salário será de R$ 749,19, chegando a R$ 1.240,42 a partir do 25º mês, com jornada de quatro horas por dia. Os aprovados atuarão em municípios das seguintes regiões: Blumenau, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Mafra, Rio do Sul, São Bento do Sul, São Miguel do Oeste, Tubarão e Videira.
Os graduados em Engenharia Ambiental ou Engenharia Sanitarista e Ambiental têm duas oportunidades. A remuneração, inicialmente, será de R$ 3.643,48, e R$ 6.072,47 a partir do 25º mês, referente a oito horas por dia de trabalho. Essas propostas são para a Administração Central, situada em Florianópolis, e também exigem o registro no Conselho de Classe da categoria.
Todos os candidatos passarão por prova escrita, prevista para 8 de dezembro de 2013. O programa consta no edital.
As inscrições abriram às 18h do dia 25 de outubro de 2013 e vão até às 16h de 25 de novembro de 2013. Elas devem ser efetuadas pelo site celesc.fepese.org.br. Há uma taxa de R$ 70,00 para nível médio e R$ 90,00 para superior.
Esse certame valerá por dois anos, a contar do resultado, com possibilidade de prorrogação pelo mesmo período.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Questões de vestibular sobre Energia Potencial Gravitacional e elástica

Artigo com resumo e questões de vestibulares resolvidas sobre Energia Potencial Gravitacional, Energia Potencial Elástica e Princípio da Conservação da Energia Mecânica


Energia Potencial Gravitacional 

É uma forma de energia associada à posição, em relação a um referencial. Em geral, admite-se que ela é nula num estado determinado, no qual o sistema está sujeito a forças de intensidade desprezível, ou a força de interação entre as diversas partículas é praticamente nula. Esse conceito de energia é aplicado na produção de energia elétrica , a partir do, represamento de águas em barragens, nas construções de usinas hidrelétricas.

Matematicamente podemos calcular o valor da energia potencial de um determinado objeto da seguinte maneira:

Epg=m.g.h


Onde:


Epg = energia potencial gravitacional – dada em joule (J)
m = massa – dada em quilograma (kg)
g = aceleração gravitacional – dada em metros por segundo ao quadrado (m/s2)
h = altura – dada em metros (m)

Caso seja aplicada uma força contra o peso para que determinado corpo suba, ele então recebe uma energia potencial maior. O acréscimo desta energia será igual ao trabalho aplicado em direção ao corpo, o que permite concluir que o trabalho realizado sobre o corpo é igual a variação da energia potencial sofrida pelo corpo. Do mesmo modo, a aplicação de um trabalho negativo sob o mesmo corpo significa o aumento da energia potencial.

Exemplo:

Uma bola de futebol de 300g (0,3kg) largada a uma altura de 4 metros, observe a figura abaixo.


Sendo assim, para calcularmos a energia potencial gravitacional basta substituirmos os valores para a massa do corpo (m), a aceleração gravitacional (g) e a altura em que o corpo se encontra (h).

Ep = m.g.h
Ep =0,3 . 9,8 . 4
Ep = 11,76 J

Energia potencial elástica


Consideremos um corpo preso a uma mola não deformada, de constante elástica k. Deslocando-se o corpo de sua posição de equilíbrio, distendendo ou comprimindo a mola, produzindo uma deformação x, o sistema corpo-mola armazena energia potencial elástica, dada pelo trabalho da força elástica no deslocamento x (da posição deformada para a posição não deformada, que é o nível de referência):




O trabalho da força elástica para um deslocamento d = x é dado por:
Assim, a energia associada ao trabalho da força elástica, Energia Potencial Elástica, também é dada por:
Em que:

Eel: energia potencial elástica;
k: constante elástica da mola;
x: deformação da mola.


Energia Mecânica


A soma da energia cinética EC de um corpo com sua energia potencial EP , recebe o nome de Energia mecânica Emec:


Emec =  EC  +  EP


Princípio da Conservação da Energia Mecânica


Vamos considerar que os trabalhos realizados pelas forças que atuam num corpo ou num sistema de corpos transformem exclusivamente energia potencial em cinética ou vice-versa. Nestas condições, as forças do sistema são chamadas forças conservativas. É o caso do peso, da força elástica, da força eletrostática. 

Sob ação de um sistema de forças conservativas ou de forças que realizam trabalho nulo, pode haver conversão entre as energias cinética e potencial, mas a energia mecânica permanece constante. É o princípio da Conservação da Energia Mecânica:


Sistema conservativo: Emec =  EC  +  EP = constante


Fonte: www.mundoeducacao.com/
          exercicios.brasilescola.com
          fisikanarede.blogspot.com.br/
         www.fisica.net/
         www.ebah.com.br/
         www.geocities.ws/

Exercícios resolvidos sobre Energia Potencial Gravitacional e Elástica

1) Um corpo cai de uma altura de 10m e fica em repouso ao atingir o solo, a temperatura do corpo, imediatamente antes do impacto é 30ºC e o calor especifico do material que o constitui é de 100J/( Kg * ºc ). Adotando g= 10m/s² e supondo que toda energia mecânica do corpo foi transformada em calor e que não houve mudança de estado, qual a temperatura final do corpo ?

Solução:

A energia potencial gravitacional quando o objeto está a 10m é dada por Eg = m x g x h.

A variação de temperatura é proporcional a quantidade de energia fornecida dada pela fórmula:

Ec = DT x m x C

Como toda a energia potencial gravitacional foi transferida para o alvo após o impacto, então Eg = Ec, finalmente:

m x g x h = DT x m x C => g x h = DT x C => DT = (g x h) / C

Então:

Tf - 30 = (10 x 10) / 100 = 1 => Tf = 31C

2) Um bloco de massa igual a 1kg encontra-se preso sobre uma mola vertical que está deformada 10cm com relação à sua posição de equilíbrio. Após o bloco ser solto, ele é arremessado verticalmente para cima. Sendo o sistema livre de forças dissipativas e a constante elástica da mola equivalente à 50N/m, determine a altura máxima que o bloco alcançará em cm. (obs.: considere a massa da mola desprezível).

Solução:

Quando o bloco atingir a altura máxima, toda energia potencial elástica terá sido convertida em energia potencial gravitacional.

Epel = Epg

K.x²/2 = m.g.h

50.0,1²/2 = 1.10.h

0,25 = 10.h

h = 0,25/10

h = 0,025m

h = 2,5cm

3) (FUVEST – SP ) No rótulo de uma lata de leite em pó lê-se “valor energético: 1509kj por 100g (361kcal)”. Se toda energia armazenada em uma lata contendo 400g de leite fosse utilizada para levantar um objeto de 10kg, a altura máxima atingida seria de aproximadamente (g = 10m/s²)

Solução: 

100g equivalem a 1509kJ

1509x4 = 6036kJ = 6036.10³J que equivalem a 400g

m = 10kg

g = 10m/s²

Como toda energia do leite será utilizada para elevar o objeto, podemos dizer que toda ela será convertida em energia potencial gravitacional.

Eleite = Epotencial

Eleite = m.g.h

6036.10³ = 10.10.h

h = 6036.10

h = 60,36.10³m

h = 60,36km

4) Uma mola é deslocada 10cm da sua posição de equilíbrio; sendo a constante elástica desta mola equivalente à 50N/m, determine a energia potencial elástica associada a esta mola em razão desta deformação.

Solução:

x = 10cm = 0,1m

k = 50N/m

 Epel = kx²/2

Epel = 50.0,1²/2

Epel = 0,25J

5) (FATEC 2002) Um bloco de massa 0,60kg é abandonado, a partir do repouso, no ponto A de uma pista no plano vertical. O ponto A está a 2,0m de altura da base da pista, onde está fixa uma mola de constante elástica 150 N/m. São desprezíveis os efeitos do atrito e adota-se g=10m/s2.A máxima compressão da mola vale, em metros:

a) 0,80
b) 0,40
c) 0,20
d) 0,10
e) 0,05

Solução:

Sabendo que o sistema não tem perda de energia e, pela lei de conservação de energia temos:

Energia inicial = Energia final

Energia potencial ( mgh ) = Energia elástica ( kx2/2 )

mgh=kx2/2
0,60 . 10 . 2,0 = (150 . x2) / 2
24 = 150 . x2
x2 = 24 / 150
x2 = 0,16
x = 0,4 m

Obtemos então, como resposta a alternativa B.

6)  (Vunesp 1989) A figura representa um sistema massa-mola em repouso, sobre um plano horizontal, sem atrito. O bloco, em repouso na origem do eixo x, é deslocado até a posição +A e, abandonado, passa a oscilar livremente.

Assinale qual dos gráficos melhor representa a energia potencial elástica, E, desse sistema, em função da
posição, x.

Solução:

A fórmula da energia potencial elástica é uma equação do segundo grau em x

E = k.x²/2.

Portanto, o gráfico é uma parábola com concavidade para cima (a > 0).

7) (FCC 2011) Um carrinho de montanha-russa, de massa 200 kg, passa por um ponto do trilho que está a uma altura de 20 m do solo, com velocidade de 10 m/s. O trabalho realizado pela força resultante que faz o carrinho parar ao atingir o nível do solo, em joules, tem módulo de

(A) 6,0 . 104
(B) 5,0 . 104
(C) 4,0 . 104
(D) 3,0 . 104
(E) 2,0 . 104

Dado:
Aceleração da gravidade = 10 m/s2

Solução:

Antes:
Ep = mgh
Ep = 200 . 10 . 20 = 40000 J

Ec = (m . v2)/2
Ec = (200 . 102)/2 = (200 . 100)/2 =10000 J

EMAntes = Ep + Ec = 40000 + 10000 = 50000 J

Depois:
Ep = mgh
Ep = 200 . 10 . 0 = 0

EMAntes = EMDepois
EMDepois = EcDepois

T = ΔEcDepois
T = 50000 J

8) (Vunesp 1989) Avalia-se que 25% da energia fornecida pelos alimentos é destinada, pelo nosso organismo, para atividades físicas. A energia restante destina-se à manutenção das funções vitais, como a respiração e a circulação sangüínea, ou é dissipada na forma de calor, através da pele. Uma barra de chocolate de 100 g pode fornecer ao nosso organismo cerca de 470 kcal. Suponha que uma pessoa de massa 70 kg quisesse consumir a parcela disponível da energia fornecida por essa barra, para subir uma escadaria. Sabendo-se que cada degrau dessa escadaria tem 25 cm de altura, admitindo-se g = 10 m/s2 e sendo 1,0 cal = 4,2 J, pode-se afirmar que o número de degraus que essa pessoa deveria subir é, aproximadamente, de

(A) 7000.
(B) 2800.
(C) 700.
(D) 470.
(E) 28.

Solução:

E = 470000 . 0,25 = 117500 cal = 117500 . 4,2 = 493500 J

E = mgh 
493500 = 70 . 10 . h
h = 493500/700 = 705 m = 70500 cm

Degraus = 70500/25 = 2820

9) Um estudante de Educação Física com massa de 75 kg se diverte numa rampa de skate de altura igual a 5 m. Nos trechos A, B e C, indicados na figura, os módulos das velocidades do estudante são vA, vB e vC, constantes, num referencial fixo na rampa. Considere g = 10 m/s² e ignore o atrito.
São feitas, então, as seguintes afirmações:
I – vB = vA + 10 m/s.
II – Se a massa do estudante fosse 100 kg, o aumento no módulo de velocidade vB seria 4/3 maior.
III – vC= vA.
Está(ão) correta(s):
a) apenas I.
b) apenas II.
c) apenas III.
d) apenas I e II.
e) apenas I e III
Solução:
Pelo Teorema da Conservação da Energia, temos que :
            Ecinética A + Epotencial A = Ecinética B
Supondo que o corpo esteja inicialmente em repouso (VA=0), vem que Ecinética A = 0.Vem,
  Epotencial A = Ecinética B
m.g.h=m.VB²/2
 10.5.2=VB²
 VB=10 m/s
Contudo não há essa afirmação no enunciado (VA=0), portanto, nada podemos dizer sobre a afirmativa I e II.
Como o sistema é conservativo (não possui energia dissipada, atrito), conclui-se que as velocidades iniciais e finais nos estados A e C seja iguais, pois ambos possuem a mesma Energia Potencial, logo, a Energia cinética deverá também ser igual.
      Ecinética A + Epotencial A = Ecinética C + Epotencial C
     Mas, Epotencial A= Epotencial C
Daí,
       Ecinética A = Ecinética C = m.VA²/2 = m.VC²/2
   = VA= VC
Alternativa C.
10) um corpo de massa 7kg encontra-se a 50 m da superficie da Terra.Qual a sua energia potencial gravitacional?.g=10m/s² 

Solução: 

Como Epg=m.g.h vem, 
Epg=7.10.50 
Epg=3500 J 

11) Um corpo de massa 4 kg encontra-se a uma altura de 16 m do solo. Admitindo o solo como nível de referência e supondo g = 10 m/s2, calcular sua energia potencial gravitacional.
Solução:
             
                  è           è
12) Um corpo de massa 40 kg tem energia potencial gravitacional de 800J em relação ao solo. Dado g = 10 m/s2 , calcule a que altura se encontra do solo.
Solução:
   è       è    è


13) Uma esfera de massa 5 kg é abandonada de uma altura de 45m num local onde g = 10 m/s2. Calcular a velocidade do corpo ao atingir o solo. Despreze os efeitos do ar.

Solução:

Desprezando a resistência do ar, o sistema é conservativo, logo:

Texto explicativo retangular: Conforme o corpo vai descendo, a energia potencial gravitacional vai se transformando em energia cinética, até que em B toda energia mecânica está sob a forma de energia cinética.









                 
      
       
     
          è   
        è 

14) Um corpo de 2 kg é empurrado contra uma mola de constante elástica 500 N/m, comprimindo-a 20 cm.
Ele é libertado e a mola o projeta ao longo de uma superfície lisa e horizontal que termina numa rampa inclinada conforme indica a figura. Dado g = 10 m/s2 e desprezando todas as formas de atrito, calcular a altura máxima atingida pelo corpo na rampa.



Texto explicativo retangular: Quando a mola é solta, a energia potencial elástica é 
transferida para o corpo na forma de energia cinética e 
quando o corpo começa a subir a rampa a energia cinética 
vai se transformando em energia potencial gravitacional até 
que, no ponto B, toda energia mecânica do sistema está 
sob esta forma.
Solução:


Texto explicativo retangular: Com a mola comprimida, 
temos apenas energia 
potencial elástica.
 






Como o sistema é conservativo, temos:
          è           
                                                  
                                               

15) Um esquiador de massa 60 kg desliza de uma encosta, partindo do repouso, de uma altura de 50 m. Sabendo que sua velocidade ao chegar no fim da encosta é de 20 m/s, calcule a perda de energia mecânica devido ao atrito. Adote g = 10 m/s2.

Solução:


16) Um menino desce no escorregador de altura 10 [m], a partir do repouso. Considerando g = 10 [m/s²] e que 50% da energia se dissipe, determine a velocidade com que o menino atinge a base do escorregador.
(velocidade inicial é 0, então não há energia cinetica Ec=0, também não há elasticidade então energia elástica Eel=0)
(altura final é 0, então não há energia potencial Ep=0, também não há elasticidade então energia elática Eel=0) inicio final 10m
Solução:

17) Um objeto de 100 g, pendurado em fio de massa desprezível, está apoiado sobre uma mola sem pressioná-la, conforme a figura abaixo. O fio é cortado e a massa comprime suavemente a mola deformando-a até o limite máximo x = 10 cm, num local em que g = 10m/s2.

Solução:

∆l Felk =
Movimento

18) Um operário de massa 80 kg trabalha no telhado de uma residência a uma altura de 6 m do solo. Adotando g = 10 m/s2, calcule a energia potencial gravitacional desse operário em relação ao telhado e em relação ao solo.

Solução:

m1 = 4m2 Energia no corpo 1Energia no corpo 2
19) Imagine que você deixa cair (abandonado) um objeto de massa m e de altura de 51,2 metros. Determine a velocidade desse objeto ao tocar o solo.

a) v = 50 m/s
b) v = 40 m/s
c) v = 32 m/s
d) v = 20 m/s
e) v = 10 m/s

Solução:

Chamaremos de ponto (A) a posição em que o objeto foi abandonado e ponto (B) o solo. Como o objeto foi abandonado, a velocidade inicial em A é zero, portanto, no ponto A não existe energia cinética. Pela conservação da energia mecânica, temos:
Alternativa C

20) (Energia Mecânica)Determine o valor da velocidade de um objeto de 0,5 kg que cai, a partir do repouso, de uma altura igual a 5 metros do solo.

a) vB=30 m/s
b) vB=10 m/s
c) vB=20 m/s
d) vB=0,5 m/s
e) vB=0

Solução:

Para determinar o valor da velocidade do objeto ao tocar no solo, fazemos uso da conservação da energia mecânica, dessa forma, temos que:
Como a altura inicial do objeto é a máxima e vale 5 metros, podemos dizer que neste ponto, isto é, nesta altura, a energia cinética é igual a zero e a energia potencial também é zero quando o objeto está no solo.
Alternativa B

21) (conservação de energia) Um jovem escorrega por um tobogã aquático, com uma rampa retilínea, de comprimento L, como na figura, sem impulso, ele chega ao final da rampa com uma velocidade de cerca de 6 m/s. Para que essa velocidade passe a ser de 12 m/s. mantendo-se a inclinação da rampa, será necessário que o comprimento dessa rampa passe a ser aproximadamente de:

a) L/2
b) L
c) 1,4 L
d) 2 L
e) 4 L
Solução:

Lendo o exercício percebemos que os dados envolvem variáveis presentes na energia cinética e na energia potencial gravitacional. Como não há atrito, podemos afirma que a energia se conserva, logo:

Eg = Ec

Sendo

Eg = m.g.h
Ec = m.v2/2

Então:

m.g.h=m.v2/2
g.h=v2/2

Assim, podemos encontrar os valores das alturas correspondentes de cada velocidade.

m.g.h=m.v2/2
g.h=v2/2
h = v2/2.g

h1 = (6)2 / 20 = 1,8 m
h2 = (12)2 / 20 = 7,2 m
Agora que sabemos as alturas correspondentes podemos fazer uma proporção para achar a relação entre as alturas.


h1 / h2 = L1/L2
L2 = 7,2.L1 / 1,8
L2 = 4.L1

Resposta: alternativa e.

22)  (SANTA CASA-SP) - Numa mola M atua uma força elástica do tipo F = k.x, onde k = 150,0 N/m e x é a deformação que ela provoca. O comprimento da mola passa então de 2,500 cm para 2,000 cm. Por efeito desta deformação, calcule o aumento de energia potencial acumula na mola.

   

23)  (FATEC-SP) - Ensaia-se uma mola helicoidal. Desde sua configuração natural, ela sofre distensão x quando se a traciona com F = 10,0 N. A distensão é elástica. A energia potencial elástica adquirida pela mola vale 0,5 joules. No processo descrito, qual a deformação sofrida pela mola?
    

24) (CESGRANRIO) - Um carrinho oscila sobre um trilho horizontal com atrito desprezível, preso na extremidade de uma mola linear, entre as posições extremas -x0 e +x0. A posição de equilíbrio do carrinho é representado pelo ponto O.
 
    O gráfico representa o módulo da força exercida pela mola sobre o carrinho, em função da posição, no intervalo (O, +x0).
    Qual o valor do coeficiente de elasticidade (k) da mola?
   

25) (CESCEM) - O corpo A de massa MA está preso à mola e oscila horizontalmente sem atrito, segundo uma trajetória retilínea. Quando a mola não está sendo solicitada por forças, na posição x = 0, a energia potencial é igual a 0. Nestas condições, esboçe o gráfico da energia potencial elástica (U) em função da posição (x).
    

26) (FUVEST) - Um corpo está preso nas extremidades de duas molas idênticas, não deformadas, de constante elástica 100 N/m conforme ilustra a figura.
 
    Quando o corpo é afastado de 1,0 cm do ponto central:
    a) qual a intensidade da resultante das forças que as molas exercem sobre ele?
    b) qual a energia armazenada nas molas?
 
    
    
27) Uma mola de constante elástica igual a 20 N/m, sofre uma deformação de 0,2m. calcule a energia potencial acumulada pela mola.

Solução:


28) (Olimpíada Brasileira de Física)
No experimento da figura abaixo, são desprezados os atritos entre as superfícies e a resistência do ar. O bloco, inicial em repouso, com massa igual a 4,0 kg, comprime em 20 cm uma mola ideal, cuja constante elástica vale    3,6.103 N.m -1. O bloco permanece apenas encostado na mola. Liberando-se a mola, esta é distendida, impulsionando o bloco que atinge a altura h.
Determine:

a) o módulo da velocidade do bloco imediatamente após a sua liberação da mola;
b) o valor da altura h (Dado g = 10m/s²)
Solução:


29) (UF Lavras-MG)
Em uma estação ferroviária existe uma mola destinada a parar sem dano o movimento de locomotivas. Admitindo-se que a locomotiva a ser parada tem velocidade de 7,2 km/h, massa de 7.10 kg, e a mola sofre uma deformação de 1m, qual deve ser a constante elástica da mola?
a) 28.104 N/m
b) 362.104 N/m
c) 28.104 J
d)362.104   W
e) 362.104 J

Solução:


 30) 
    Uma força F = 15 N é aplicada para comprimir  uma  mola  por  uma distância de 20 cm. Determine:

    a) a constante elástica da mola.
    b) a energia potencial elástica armazenada.
    c) a energia potencial elástica se a deformação for o dobro.

    Solução:
    a) a constante elástica da mola é dada por k = F/X. Assim, temos que k = 15N / 0,2m = 50N/m.
    b) a energia potencial elástica é dada por: .

    Substituindo valores em unidades do SI temos 

    c) Como EPE µ x2, temos que, ao dobrarmos a deformação, a energia potencial elástica aumenta quatro vezes; assim seu novo valor será: EPE = 4 x 1 = 4 joules.


31) (UFPE) Considere o sistema massa-mola da figura, onde m = 0,2Kg e k = 8,0N/m. O bloco é largado de uma distância igual a 0,3m da sua posição de equilíbrio retornando a ela com velocidade exatamente zero, portanto sem ultrapassar sequer uma vez a posição de equilíbrio. Nestas condições, o coeficiente de atrito cinético entre o bloco e a superfície horizontal é:




a) 1,0

b) 0,6

c) 0,5

d)0,707 

e) 0,2


32) FUND. CARLOS CHAGAS) Uma mola elástica ideal, submetida a ação de uma força de intensidade F = 10N, está deformada de 2,0cm. A energia elástica armazenada na mola é de:  

      a) 0,10J
      b) 0,20J
      c) 0,50J
      d) 1,0J
      e) 2,0J   

33) (UNICAP) Assinale as afirmativas verdadeiras e as afirmativas falsas.

0) As molas são distendidas uniformemente por forças que variam com a distância.

1) A expressão da força que distende a mola de constante K é F = Kx, onde x é o alongamento da mola.

2) A mola do item anterior reage sempre com força F' = -Kx, onde x é o alongamento da mola. 

3) Os dinamômetros são equipamentos destinados a medir forças.

4) Nos sistemas conservativos, a energia mecânica é conservada.

Solução: 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras

34) (ENEM-2005) Assim que o menino lança a flecha, há transformação de um tipo de energia em outra. A transformação, nesse caso, é de energia:


a) potencial elástica em energia gravitacional.
b) gravitacional em energia potencial.
c) potencial elástica em energia cinética.
d) cinética em energia potencial elástica.
e) gravitacional em energia cinética.

Solução:

No instante em que a flecha é lançada, toda energia potencial elástica armazenada na corda do arco e consequentemente na flecha, se transforma em energia de movimento (energia cinética) da flecha  —  Resposta C

35) Toda mola comprimida ou esticada acumula energia potencial elástica que depende da constante elástica da mola e do comprimento da compressão ou distensão dessa mola.


Sobre a mola na posição vertical repousa um corpo de 1 kg. Nesta situação existe uma energia potencial elástica acumulada pronta para movimentar o corpo e ser transformada em energia cinética. Toda essa energia potencial elástica vai se transformando em energia cinética e esta é novamente transformada em energia potencial gravitacional acumulada devido à altura em relação à Terra. Como não se considera a resistência do ar, tem-se um sistema conservativo de energia onde toda a energia elástica e transformada em energia gravitacional. Analisa-se:

Para se calcular a altura atingida pelo corpo ao deixar a mola, basta substituir os dados do problema, m = 1 kg, k = 12.000 N/m=  0,1 m e g = 10 m/s².

A altura atingida pelo corpo é 6 m. Alternativa E.