terça-feira, 23 de abril de 2013

Pontuação - resumo (com questões)


Os sinais de pontuação são marcações gráficas que servem para compor a coesão e a coerência textual  além de ressaltar especificidades semânticas e pragmáticas. Veremos aqui as principais funções dos sinais de pontuação conhecidos pelo uso da língua portuguesa.

Ponto

1- Indica o término do discurso ou de parte dele.

- Façamos o que for preciso para tirá-la da situação em que se encontra.
- Gostaria de comprar pão, queijo, manteiga e leite.
- Acordei. Olhei em volta. Não reconheci onde estava.

2- Usa-se nas abreviações

- V. Exª.
- Sr.

Ponto e Vírgula ( ; )

1- Separa várias partes do discurso, que têm a mesma importância.

- “Os pobres dão pelo pão o trabalho; os ricos dão pelo pão a fazenda; os de espíritos generosos dão pelo pão a vida; os de nenhum espírito dão pelo pão a alma...” (VIEIRA)

2- Separa partes de frases que já estão separadas por vírgulas.

- Alguns quiseram verão, praia e calor; outros montanhas, frio e cobertor.

3- Separa itens de uma enumeração, exposição de motivos, decreto de lei, etc.

- Ir à farmácia;
- Pegar as crianças na escola;
- Caminhada na praça;
- Reunião com empresários.

Dois pontos

1- Antes de uma citação

- Vejamos como Afrânio Coutinho trata este assunto:

2- Antes de um aposto

- Três coisas não me agradam: chuva pela manhã, frio à tarde e calor à noite.

3- Antes de uma explicação ou esclarecimento

- Lá estava a deplorável família: triste, cabisbaixa, vivendo a rotina de sempre.

4- Em frases de estilo direto

- Maria perguntou: - Por que você não toma uma decisão?

Ponto de Exclamação

1- Usa-se para indicar entonação de surpresa, cólera, susto, súplica, etc.

- Sim! Claro que eu quero me casar com você!

2- Depois de interjeições ou vocativos

- Ai! Que susto!
- João! Há quanto tempo!

Ponto de Interrogação

Usa-se nas interrogações diretas e indiretas livres.

“- Então? Que é isso? Desertaram ambos?” (Artur Azevedo)

Reticências

1- Indica que palavras foram suprimidas.

- Comprei lápis, canetas, cadernos...

2- Indica interrupção violenta da frase.

“- Não... quero dizer... é verdad... Ah!”

3- Indica interrupções de hesitação ou dúvida

- Este mal... pega doutor?

4- Indica que o sentido vai além do que foi dito

- Deixa, depois, o coração falar...

Vírgula


Quanto ao emprego, a vírgula provoca muitas dúvidas, pois tem várias funções.

O uso da vírgula no interior de orações:

• Separar elementos que exercem a mesma função sintática.
Ex: “Tivera pai, mãe, marido, dois filhos. Todos aos poucos tinham morrido.” (nesse exemplo a vírgula separa uma série de objetos diretos do verbo “ter”.)
                                                         LISPECTOR, Clarice. A legião estrangeira.

Quando elementos que têm mesma função sintática aparecem unidos pelas conjunções e, nem e ou, não se usa vírgulas, a não ser que as conjunções apareçam repetidas:
Ex: Tenho muito cuidado com meus livros e meus CD’s. 
       Ou você, ou sua esposa deve comparecer à escola de seu filho.

• Para indicar que uma palavra, geralmente verbo, foi suprimida.
Ex: Patrícia, a todos os seus irmãos, deu um presente de Natal; ao marido, apenas um beijo. (A vírgula após “marido" está indicando a supressão do verbo “dar”.)

• Isolar vocativo.
Ex: - E agora, meu irmão, aceito ou não o emprego?

• Isolar aposto.
Ex: Fortaleza, capital do Ceará, é uma cidade que tem belas praias.

• Isolar complemento verbal ou nominal antecipados.
Ex: Um medo terrível, eu senti naquele momento. (inversão do objeto direto)
De escorpião, eu morro de medo! (inversão do complemento nominal)

• Isolar adjunto adverbial antecipado.
Ex: “Dizem muito que, no Brasil, os corruptos ficam soltos enquanto os ladrões de galinha vão para a cadeia.”
                                               VERISSIMO, Luis Fernando. Novas comédias da vida
                                                                             pública – A versão dos afogados.
  
• Isolar nome de lugar, quando se transcrevem datas.
Ex: Bahia, 11 de janeiro de 2013.

• Isolar conjunções intercaladas.
Ex: A ferida já foi tratada. É preciso, porém, cuidar para que não infeccione.

• Intercalar expressões como “em suma”, “isto é”, “ou seja”, “vale dizer”, “a propósito”.
Ex: Preciso dar uma maquiada no texto, ou seja, subentender algumas idéias.

Uso da vírgula entre orações

A vírgula é usada para:

• Separar as orações coordenadas assindéticas e as sindéticas que não sejam introduzidas pela conjunção e:
Ex:  Cheguei, peguei minha roupa, voltei correndo para o chuveiro.
       Há aqueles que se esforçam muito, porém nunca são reconhecidos.

É aconselhável usar a vírgula quando a conjunção e:

- aparece repetida no período:
Ex: Passaram aqui para perguntar, e questionar, e amolar, e comprometer.

- aparece entre orações de sujeitos diferentes:
Ex: O tempo estava chuvoso, e o piloto desistiu do voo.

- não tem sentido de adição:
Ex: A senhora apertou a campainha, e ninguém veio atender. ( o e tem valor de conjunção adversativa)

• Isolar orações intercaladas.
Ex: E o ladrão, perguntei eu, foi condenado ou não?

• Isolar orações adjetivas explicativas.
Ex: As frutas, que estavam maduras, caíram no chão.

• Isolar orações adverbiais.
Ex: “Fiquei tão alegre com esta ideia, que ainda agora me treme a pena na mão.”
                                                                                                      (Machado de Assis) 
• Isolar orações reduzidas.
Ex: “Para serenar a roda, propus novo chope.” (Cyro dos Anjos)

Fontes: www.mundoeducacao.com.br/
            www.infoescola.com.br
           
Exercícios sobre pontuação 

1) Assinale a opção em que o trecho apresenta pontuação correta.

a) Em um estado com área de 1,2 milhão de quilômetros quadrados, o segundo maior da Federação brasileira, e com 20% da população - de 7 milhões de habitantes - na capital, já destituída de função produtiva de significação, o tema da redivisão territorial deveria ser fundamental. Mas, contrariando a lógica e o bom senso, isso não ocorre no Pará.
b) A eventualidade do retalhamento do estado, para a formação de novos estados emerge apenas episodicamente. Quando surge, é tratada como urgência e emergência. Uma vez cessado o risco de mudança, a letargia devolve, o tema, quase à estaca zero, ao ponto de partida.
c) À semelhança de quase toda a elite local a imprensa se assustou, mais uma vez com a possibilidade de desmembramento do Pará. Em vez de examinar o problema racionalmente, a mídia, simplesmente se danou a dar gritos de alerta, e a bradar contra a ameaça.
d) O mote fundamental da posição contrária ao desmembramento do estado é congênito: quem nasceu no Pará atual, não quer morrer em um Pará diferente. Dificilmente razão desse porte, conseguirá deter o avanço da reivindicação e da mobilização, pela criação de novos estados dentro do que hoje, é área única do Pará.

 2) Assinale a alternativa em que o trecho - No entanto, quando a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente. - reescrito, encontra-se corretamente pontuado.

a) No entanto, em 1980, quando a Suprema Corte, decidiu ouvir o apelo do caso o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente.
b) Quando a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980, no entanto, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente.
c) No entanto, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente, quando a Suprema Corte, decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980.
d) Quando, no entanto, em 1980, a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, o panorama da biologia molecular, havia mudado radicalmente.

3) Assinale o período de pontuação correta:

a) Se alguém vier com perguntas a que você não sabe responder, será mais honesto dizer que vai estudar o assunto.
b) Se alguém, vier com perguntas a que você não sabe, responder, será mais honesto dizer que vai estudar o assunto.
c) Se alguém vier, com perguntas a que você não sabe responder será, mais honesto, dizer que vai estudar o assunto.
d) Se, alguém vier com perguntas, a que você não sabe responder, será, mais honesto, dizer que vai estudar o assunto.

4) A frase em que deveria haver uma vírgula é:

a) Comi frutas e legumes.
b) Comprei batatas bananas e pastéis.
c) Ela tem lábios e nariz vermelhos.
d) Não limparam a sala.

5) A pontuação está inteiramente adequada na frase:

a) Recebi, via Internet, de um amigo que há muito não vejo, uma série de fotografias da Terra, tiradas de um satélite.
b) Tanto os astrônomos antigos como os teólogos, não erravam, na opinião do autor, quando consideravam que, a Terra, essa poeira ínfima, era o centro do universo.
c) Nada mais central na casa para os pais, que o lugar onde está o berço do filhinho, nada tendo a ver esse centro afetivo, com o geométrico da casa edificada.
d) Será que Niezstche interrompia a cada belo crepúsculo, suas leituras e seus escritos, sobretudo estes que, tanto peso tiveram nas ideias de seu tempo?

6) (IBGE) Assinale a seqüência correta dos sinais de pontuação que devem preencher as lacunas da frase abaixo. Não havendo sinal, O indicará essa inexistência: Na época da colonização ..... os negros e os indígenas escravizados pelos brancos ..... reagiram ..... indiscutivelmente ..... de forma diferente.
     
a) O - O - vírgula - vírgula 
b) O - dois pontos - O - vírgula
c) O - dois pontos - vírgula - vírgula 
d) vírgula - vírgula - O - O
e) vírgula - O - vírgula - vírgula.


7) (CESGRANRIO) Assinale o texto de pontuação correta:


a)Não sei se disse, que, isto se passava, em casa de uma comadre, minha avó.
b)Eu tinha, o juízo fraco, e em vão tentava emendar-me: provocava risos, muxoxos, palavrões.
c)estes, porém, o mais que pode acontecer é que se riam deles os outros, sem que este riso os impeça de  conservar as suas roupas e o seu calçado.
d)Na civilização e na fraqueza ia para onde me impeliam muito dócil muito leve, como os pedaços da carta de ABC, triturados soltos no ar.
e)Conduziram-me à rua da Conceição, mas só mais tarde notei, que me achava lá, numa sala pequena.

8) (BB) "Os textos são bons e entre outras coisas demonstram que há criatividade". Cabem no máximo:

 a) 3 vírgulas        b) 1 vírgula        c) 4 vírgulas       d) 5 vírgulas     e) 2 vírgulas

9) (PUCC) Observe as frases:
   
  I - Ele foi, logo eu não fui;             
  II - O menino, disse ele, não vai;
  III - Deus, que é Pai, não nos abandona;
  IV - Saindo ele e os demais, os meninos ficarão sós.
   
 Assinale a afirmativa correta:

a) Em I há erro de pontuação
b) Em II e III as vírgulas podem ser retiradas sem que haja erro.
c) Na I, se se mudar a vírgula de posição, muda-se o sentido da frase
d) Na II, faltam dois pontos depois de disse
e) n.d.a.

10) (ABC-SP) Assinale a alternativa cuja frase está corretamente pontuada:
      
a) O sol que é uma estrela, é o centro do nosso sistema planetário.
b) Ele, modestamente se retirou.
c) Você pretende cursar Medicina; ela, Odontologia.
d) Confessou-lhe tudo; ciúme, ódio, inveja.
e) Estas cidades se constituem, na maior parte de imigrantes alemães.

11)  (TTN) Das redações abaixo, assinale a que não está pontuada corretamente:
     
a) Os candidatos, em fila, aguardavam ansiosos o resultado do concurso.
b) Em fila, os candidatos, aguardavam, ansiosos, o resultado do concurso.
c)  Ansiosos, os candidatos aguardavam, em fila, o resultado do concurso.
d)  Os candidatos ansiosos aguardavam o resultado do concurso, em fila.
e)  Os candidatos, aguardavam ansiosos, em fila, o resultado do concurso.

12) Assinale a série de sinais cujo emprego corresponde, na mesma ordem, aos parênteses indicados no texto:
“Pergunta-se ( ) qual é a ideia principal desse parágrafo ( ) A chegada de reforços ( ) a condecoração ( ) o escândalo da opinião pública ou a renúncia do presidente ( ) Se é a chegada de reforços ( ) que relação há ( ) ou mostrou seu autor haver ( ) entre esse fato e os restantes ( )”.

a) , , ? ? ? , , , .
b) : ? , , ? , ___ ___ ?
c) ___ ? , , . ___ ___ ___ .
d) : ? , . ___ , , , ?
e) : . , , ? , , , .

13) Assinale o item em que as vírgulas estão empregadas corretamente:

I - Foi ao fundo da farmácia, abriu um vidro, fez um pequeno embrulho e entregou ao homem.
II - A sua fisionomia estava serena, o seu aspecto tranqüilo.
III - E o farmacêutico, sentindo-se aliviado do seu gesto, sentira-se feliz diante de suas lembranças.
IV - Quando, vi que não servia, dei às formigas, e nenhuma morreu.


a) I - IV;
b) II - III;
c) II - IV;
d) I - II;
e) I - III.

14) Observe:

1) depois de muito pedir ( ) obteve o que desejava;
2) se fosse em outras circunstâncias ( ) teria dado tudo certo;
3) exigiam-me o que eu nunca tivera ( ) uma boa educação;
4) fez primeiramente seus deveres ( ) depois foi brincar;

Assinale a alternativa que preencha mais adequadamente os parênteses:

a) (;) (,) (:) (;);
b) (,) (;) (:) (;); 
c) (,) (,) (:) (;);
d) (?) (,) (,) (:);
e) (,) (;) (.) (;).

15) Assinale o exemplo em que há emprego incorreto da vírgula:

a) como está chovendo, transferi o passeio;
b) não sabia, por que todos lhe viravam o rosto;
c) ele, caso queira, poderá vir hoje;
d) não sabia, por que não estudou;
e) o livro, comprei-o por conselho do professor.

16) Assinale a opção em que a supressão das vírgulas alteraria o sentido do anunciado:

a) os países menos desenvolvidos vêm buscando, ultimamente, soluções para seus problemas no acervo cultural dos mais avançados;
b) alguns pesquisadores,que se encontram comprometidos com as culturas dos países avançados, acabam se tornando menos criativos;
c) torna-se, portanto, imperativa uma revisão modelo presente do processo de desenvolvimento tecnológico;
d) a atividade científica, nos países desenvolvidos, é tão natural quanto qualquer outra atividade econômica;
e) por duas razões diferentes podem surgir, da interação de uma comunidade com outra, mecanismos de dependência.

 TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:

TEXTO IV

O dia abriu seu para-sol bordado

O dia abriu seu para-sol bordado
De nuvens e de verde ramaria.
E estava até um fumo, que subia,
Mi-nu-ci-o-sa-men-te desenhado.

Depois surgiu, no céu azul arqueado,
A Lua – a Lua! – em pleno meio-dia.
Na rua, um menininho que seguia
Parou, ficou a olhá-la admirado...

Pus meus sapatos na janela alta,
Sobre o rebordo... Céu é que lhes falta
Pra suportarem a existência rude!

E eles sonham, imóveis, deslumbrados,
Que são dois velhos barcos, encalhados
Sobre a margem tranquila de um açude..
MARIO QUINTANA
Prosa e verso. Porto Alegre: Globo, 1978.

17) (Uerj 2009)  Há no poema de Mario Quintana um mesmo sinal de pontuação – o ponto de exclamação – que aparece em versos diferentes e com sentidos distintos.
Explicite o valor semântico atribuído a esse sinal em cada um dos versos.

18) (Fgv)  Nas frases abaixo, em cada um dos parênteses, você pode colocar ou não um sinal de pontuação. Quando decidir usar ponto, não é necessário corrigir, com letra maiúscula, a palavra seguinte.

            Habituada a alardear previsões catastróficas(__) nem sempre confirmadas(__) a Organização Mundial de Saúde(__) OMS(__) resolveu promover(__) um tardio acerto de contas(__) com as conquistas(__) forjadas no interminável duelo da humanidade(__) contra a morte(__) o relatório anual da entidade(__) divulgado neste mês(__) conclui o seguinte(__) "a população mundial(__) nunca teve uma perspectiva(__) de vida tão saudável(__) o século XXI não traz simplesmente a probabilidade de uma vida mais longa(__) mas também(__) uma qualidade de vida superior(__) com menos doenças(__)"

19) (Ita)  Leia o texto seguinte:

            Levantamento inédito com dados da Receita revela quantos são, quanto ganham e no que trabalham OS RICOS BRASILEIROS QUE PAGAM IMPOSTOS. (...)
            Entre os nove que ganham mais de 10 milhões por ano, há cinco empresários, dois empregados do setor privado, um que vive de rendas. O outro, QUEM DIRIA, é servidor público. ("Veja", 12/7/2000.)

a) A ausência de vírgula no trecho em destaque, no primeiro parágrafo, afeta o sentido? Justifique.
b) Por que o emprego da vírgula é obrigatório no trecho em destaque, no segundo parágrafo? O que esse trecho permite inferir?

20) (EPCAR) “Bem-aventurado, pensei eu comigo, aquele em que os afagos de uma tarde serena de primavera no silêncio da solidão produzem o torpor dos membros.” (Herculano)

No período acima, usaram-se as vírgulas para separar:

a) uma oração pleonástica;
b) uma oração coordenada assindética;
c) um adjunto deslocado;
d) elementos paralelos;
e) uma oração intercalada.

21) (ITA) Assinale a alternativa incorreta quanto às normas da pontuação:

a) Usa-se a vírgula no interior da oração para separar elementos que exercem a mesma função
sintática.
b) O ponto-e-vírgula denota em geral uma pausa suspensiva, suficiente para indicar que o período
está concluído.
c) As conjunções conclusivas, quando pospostas a um dos termos da oração, podem vir entre
vírgulas.
d) Usa-se o ponto-e-vírgula para separar orações de um período, das quais um dos seus termos já
esteja subdividido por vírgula.
e) Usa-se a vírgula para separar as orações subordinadas adverbiais, principalmente quando
antepostas à principal.

22) (ITA) Assinale a alternativa cujos sinais, indicados entre parênteses, não permitem uma pontuação
correta:

a) Uns trabalham esforçam-se cansam-se outros folgam dormem descuidam-se e não pensam no
futuro. (4 vírgulas e 1 ponto-e-vírgula)
b) A sua volta tudo lhe parece chorar as árvores o capim os insetos. (3 vírgulas e dois pontos)
c) Campinas Santos Guarulhos são cidades do Estado de São Paulo Caxias Canoas Uruguaiana do
Rio Grande do Sul. (5 vírgulas e 1 ponto-e-vírgula)
d) Prometeu-nos quando dele precisássemos que embora suas atividades fossem múltiplas jamais
deixaria de atender-nos. (3 vírgulas)
e) A metade de 247 mais 36 são 159,5. (2 vírgulas)
     

Gabarito:

1) A   2) B  3) A  4) B   5) A  6) E  7) C  8) E  9) C  10) C  11) E  12) B  13) E  14) C  15) D
16) B  17) 1ª ocorrência: surpresa, perplexidade.       2ª ocorrência: lástima, pesar.
18) Habituada a alardear previsões catastróficas [_] [,] nem sempre confirmadas [,] a Organização Mundial de Saúde [,] OMS [,] resolveu promover [_] um tardio acerto de contas    [_] com as conquistas [_] forjadas no interminável duelo da humanidade [_] contra a morte [.] o relatório anual da entidade [,] divulgado neste mês [,] conclui o seguinte [:] "a população mundial [_] nunca teve uma perspectiva [_] de vida tão saudável [.] [;] o século XXI não traz simplesmente a probabilidade de uma vida mais longa [,] mas também [_] uma qualidade de vida superior [,] com menos doenças [.]"
19) a) Sim, pois com a ausência de vírgula faz-se a seguinte leitura: "são todos os ricos brasileiros e todos eles pagam impostos". Com a presença da vírgula, tem-se que somente dos ricos brasileiros que pagam impostos".
b) No trecho "quem diria" é obrigatório o uso da vírgula, pois funciona como uma intromissão do jornalista; uma expressão de surpresa diante de fato inusitado.
20) E  21) B  22) E





Nenhum comentário:

Postar um comentário