quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Estrutura das palavras questões vestibular


Artigo sobre Estrutura das palavras, radical, afixos, infixos, vogal temática e desinências e uma lista com 33 questões de vestibular

 As palavras são constituídas de morfemas.
São eles:
Radical, Afixos, Infixos, Vogal Temática, Tema e Desinências

Radical

É o elemento comum de palavras cognatas também chamadas de palavras da mesma família. É responsável pelo significado básico da palavra.
Ex.: terra, terreno, terreiro, terrinha, enterrar, terrestre...
Atenção:
Às vezes, ele sofre pequenas alterações. Ex.: dormir, durmo; querer, quis As palavras que possuem mais de um radical são chamadas de compostas.
Exemplo
passatempo

Afixos

Existem dois tipos de afixos:

Prefixos

Colocados antes do radical.
Exemplos:
Infeliz, incapaz e desconfiar.

Sufixos

Colocados depois do radical.
Exemplos:
Felizmente, garotinha e sapateiro.
Infixos

São vogais ou consoantes de ligação que entram na formação das palavras para facilitar a pronúncia. Existem em algumas palavras por necessidade fonética.Os infixos não são significativos, não sendo considerados morfemas.
Exemplos:
  • café-cafeteira
  • capim-capinzal
  • gás-gasômetro

Vogal Temática

Vogal Temática (VT) se junta ao radical para receber outros elementos. Fica entre dois morfemas. Existe vogal temática em verbos e nomes.
Exemplos:
  • beber
  • rosa
  • sala
Nos verbos, a VT indica a conjugação a que pertencem ( 1ª , 2ª ou 3ª ).
Exemplo:
  • partir- verbo de 3ª conjugação
Há formas verbais e nomes sem VT. Ex.: rapaz, mato(verbo)
Dicas
A VT não marca nenhuma flexão, portanto é diferente de desinência.

Tema

É o radical + vogal temática ou desinência nominal.

Terra = terr (radical) + a (desinência nominal)

Ama = am (radical) + a (vogal temática)

Desinências

São morfemas colocados no final das palavras para indicar flexões verbais ou nominais.
Podem ser:

Nominais

Indicam gênero e número de nomes ( substantivos, adjetivos, pronomes, numerais ).
Exemplos:
  • casa - casas
  • gato - gata

Verbais

Indicam número, pessoa, tempo e modo dos verbos. Existem dois tipos de desinências verbais: desinências modo-temporal (DMT) e desinências número-pessoal (DNP). Ex.: Nós corremos, se eles corressem (DNP); se nós corrêssemos, tu correras (DMT)
Atenção
A divisão verbal em morfemas será melhor explicada em: classes de palavras/ verbos.
Algumas formas verbais não têm desinências como: trouxe, bebe...

Verbo-nominais

Indicam as formas nominais dos verbos (infinitivo, gerúndio e particípio).
Exemplos:
  • beber
  • correndo
  • partido

VOGAL OU CONSOANTE DE LIGAÇÃO
É o elemento que ajuda na pronúncia da palavra.

Exemplos:
Pobrezinho e cafeicultura.

Quadro das principais desinências

DESINÊNCIAS 

NOMINAIS

Gêneromasculino (-o)  feminino (-a)
Número singular (não há) plural (-s) 

VERBAIS 

de tempo e modo -va,-ve: imperfeito do indicativo, 1ª conjugação 
-ia, -ie: imperfeito do indicativo, 2ª e 3ª conjugações 
-ra, -re: mais-que-perfeito do indicativo (átono) 
-sse: imperfeito do subjuntivo 
-ra, -re: futuro do presente do indicativo (tônico) 
-ria, -rie: futuro do pretérito do indicativo 
-r: futuro do subjuntivo 
-e: presente do subjuntivo, 1º conjugação 
-a: presente do subjuntivo, 2º e 3º conjugações 
de pessoa e número -o: 1ª pessoa do singular, presente do indicativo 
-s: 2ª pessoa do singular 
-mos: 1ª pessoa do plural 
-is-, -des: 2ª pessoa do plural 
-m: 3ª pessoa do plural 

  VERBO-NOMINAIS

-r: infinitivo  -ndo: gerúndio  -do: particípio regular


Exercícios sobre estrutura das palavras


1) Analise atentamente o poema a seguir, atentando-se para as questões pertinentes ao mesmo:

                                                    F o r m a
                                                  R e f o r m a
                                                  D i s f o r m a
                                                 T r a n s f o r m a
                                                   C o n f o r m a
                                                      I n f o r m a
                                                        F o r m a

a) Estamos diante de um poema concreto de autoria de José Lino Grünewald. De acordo com o processo ligado à formação de palavras, conceitue-o, levando em consideração o radical.

b) Indique a classe gramatical a que pertence o radical e as demais palavras que dele se originaram.

2) (Ita – SP) Considere as seguintes significações:


       


Escolha a alternativa cujas palavras traduzem os significados apresentados acima:

a) pentágono, plutocracia, eufonia, mialgia
b) eneágono, oligarquia, eufonia, cefalalgia
c) non-angular, democracia, cacofonia, dispneia
d) eneágono, aristocracia, sinfonia, cefalalgia
e) hendecágono, monarquia, sonoplastia, cefaleia


3) Assinale a única opção em que ocorre variante do radical:

a) dizer, dizes, dizia;
b) faço, fazes, façamos;
c) amaria, amavas, amou;
d) quero, queres, querias;
e) vência, venceste, vence.

4. Assinale a opção em que há erro na identificação do elemento mórfico grifado:

a) compostas: desinência de feminino;
b) quadrar: radical;
c) adotei vogal temática;
d) pareceram: vogal temática;
e) influência: desinência de feminino.

5. Vocábulo onde existe desinência de gênero:

a) segredo;
b) curiosidade;
c) força;
d) verbo;
e) alheia.

6. Assinale a alternativa sem desinência modo-temporal:

a) aplaudias;
b) acordou;
c) faltarás;
d) vendam;
e) cobrasses.

7) Assinale a opção em que nem todas as palavras possuem o mesmo radical:

a) noite, anoitecer, noitada;
b) luz, luzeiro, alumiar;
c) incrível, crente, crer;
d) festa, festeiro, festejar;
e) riqueza, ricaço, enriquecer.

8) A série em que os vocábulos enumerados se relacionam porque provêm da mesma raiz é:

a) florescer, flandres, florear;
b) pousada, aposentado, cômodo;
c) reger; regulamento; regra;
d) corte; percurso; correr;
e) angústia; ângulo; anjo

9) A palavra tijolinho tem na sua estrutura mórfica os seguintes elementos:

a) Prefixo, radical
b) Sufixo, radical
c) Radical, sufixo
d) Prefixo, radical, sufixo.
e) Radical, vogal de ligação, sufixo.

10) Dentre as alternativas abaixo, assinale aquela em que ocorrem dois prefixos que dão ideia de negação:

a) Impune, acéfalo.
b) Pressupor, ambíguo
c) Anarquia, decair.
d) Importar, soterrar
e) Ilegal, refazer.

11) Assinale a alternativa em que todas as palavras são formadas pelo prefixo da palavra “imigrante”:

a) Importação, imersão, implantação.
b) Invasão, ingresso, insatisfação.
c) Ingestão, incineração, imoderação.
d) Intubação, interpretação, incorreção.
e) Intromissão, inserção, imobilização.

12) O significado do prefixo em “insensibilidade” assemelha-se ao da série de palavras da alternativa:

a) Desacreditar, impor e contradizer.
b) Desfazer, injetar e ateu.
c) Discordar, impermeável e analgésico.
d) Subsolo, impróprio e amnésia.
e) Intocável, anarquia e ingerência.

13) Em “Temos que perder o macio inimaginável do sonho, sua diáfana gentileza de pés de lã, para ancorar no concreto.”   Os morfemas da palavra destacada estão devidamente identificados na alternativa:

 a) inimagin (radical), ável (sufixo)                    c) in (prefixo), imagin (radical), vel (sufixo)
 b) in (prefixo), imagin (radical) ável (sufixo)    d) ini (prefixo), magin (radical), vel (sufixo)

14) Quanto à estrutura das palavras, é incorreto afirmar que:

a) as desinências são morfemas que indicam as flexões das palavras variáveis da língua. São elas: nominais e verbais.
b) as vogais temáticas atuam como elemento de ligação entre o radical e as desinências.
c) radical é um morfema comum às palavras que pertencem a uma mesma família de significado.
d) vogal ou consoante de ligação é um morfema de origem não-eufônica, incapaz de facilitar    a  emissão vocal de determinadas palavras.

15) Em “.. conhecendo nosso medo...” ,o vocábulo sublinhado  apresenta em sua estrutura os seguintes elementos mórficos:

a) o radical conhece, o prefixo ndo.        
b) o radical ndo, o tema conhece, a vogal temática  e.
c) o prefixo com, o radical conhece,  a vogal temática e. a desinência ndo.
d) o radical conhec, a vogal temática e , o tema conhece , a desinência ndo.

16) Assinala  a alternativa em que a série de palavras contém  vogal de ligação:

a) Camoniano, lanígero, parisiense,  boquiaberto        
b) Vigarice, amiúde, vivissitude, paraíso
c) História, relógio, série, ária                                                          
d) Salsa, quase, contribuí, caí

17) Numere de acorda e assinale a alternativa correta.:

(1)Voga1 temática                                   (   ) cantei                    a)4 — 3 — 1 — 2
(2)Vogal de Iigação                                 (   ) cafeteira                b)3 — 4. — 1 — 2
(3)Variação de vogal temática               (   ) cadeiras                c)2 — 1 —  3 — 4
(4)Consoante de ligação                         (   ) mares                    d)3 — 1 — 4 — 2

18) Assinale a afirmativa errada com relação à análise morfológica da palavra desonrosa:
  
  a-(    ) O radical é onr.                    c-  (    ) O sufixo é -rosa.
    b-(    ) O prefixo é  des.                  d- (     ) O a final é desinência de gênero.

19) Relacione as duas colunas:

(     )  raiz, radical, tema                                     (1) elementos modificadores
(     ) prefixo, sufixo, desinência                        (2) elementos de ligação
(     ) vogal e consoante de ligação                  (3) elementos básicos e significativos

20)  A palavra tijolinho tem na sua estrutura mórfica os seguintes elementos:

a) prefixo, radical.                b) sufixo, radical.              c) radical, sufixo.
         d) prefixo, radical, sufixo.           e) radical, vogal de ligação, sufixo.

21) Assinale a opção em que nem todas as palavras possuem o mesmo radical:

a) noite, anoitecer, noitada;
b) luz, luzeiro, alumiar;
c) incrível, crente, crer;
d) festa, festeiro, festejar;
e) riqueza, ricaço, enriquecer.

22) A série em que os vocábulos enumerados se relacionam porque provêm da mesma raiz é:

a) florescer, flandres, florear;
b) pousada, aposentado, cômodo;
c) reger; regulamento; regra;
d) corte; percurso; correr;
e) angústia; ângulo; anjo.

23) Assinale oca única opção em que ocorre variante do radical:

a) dizer, dizes, dizia;
b) faço, fazes, façamos;
c) amaria, amavas, amou;
d) quero, queres, querias;
e) vência, venceste, vence.

24) Assinale a opção em que há erro na identificação do elemento mórfico grifado:

a) compostas: desinência de feminino;
b) quadrar: radical;
c) adotei vogal temática;
d) pareceram: vogal temática;
e) influência: desinência de feminino.

25) Vocábulo onde existe desinência de gênero:

a) segredo;
b) curiosidade;
c) força;
d) verbo;
e) alheia.

26) Assinale a alternativa sem desinência modo-temporal:

a) aplaudias;
b) acordou;
c) faltarás;
d) vendam;
e) cobrasses.

27) (UFPE) Observe:

I - "Enquanto eu invento e desinvento "moda". (Caetano Veloso)
II - "Esse alguém me diria: "Desiste, essa busca é inútil". (Paulo Vanzolini)
III - "E que essa vida entre assim (...) Desvirginando a madrugada". (Gonzaguinha) 
IV - "Você se chama grã-fino e eu afino tanto quanto desafino do seu tom". (Caetano Veloso)

Quanto ao processo de formação das palavras em negrito, assinale a alternativa incorreta. 

a) "Desinvento", item I, é formada por "prefixação".

b) "Desiste", item II, é formada por prefixação.

c) "Inútil" item II, é formada por prefixação.

d) "Desvirginando", item III, é formada por prefixação e sufixação. 

e) "Desafino" item IV, é formada por prefixação.

28) (FESP) Observe as frases seguintes quanto à estrutura das palavras. 

I - É possível que exista ainda hoje um controle de mercado por algumas empresas. 
II - A jovem fazia questão de que suas roupas fossem de uma só cor. 
III - É um animal que se alimenta de sangue. 
IV - O estudante do Curso de Veterinária especializou-se no estudo dos insetos. 
V - Alguns políticos usam em seus discursos uma incontinência de linguagem. 

Substituindo as expressões sublinhadas por compostos eruditos, temos: 

a) mercadologia, monocromáticas, hematófogo, entomologia, verborragia; 
b) oligopólio, monocromáticas, hematófago, entomologia, verborragia; 
c) mercadologia, monocromáticas, hematócrito, entomologia, lingualogia; 
d) oligopólio, orogenia, hematócrito, ornitologia, lingualogia. 

29) (UNI-RIO) O elemento destacado NÃO é vogal temática em:

a) está 
b) coalhou
c) beber
d) poupei
e) calço

30) (CESGRANRIO) O que indica nos parênteses NÃO está correto na opção: 

a) bordado-me (vogal temática). 
b) esforço-me (desinência número - pessoal). 
c) desenrolando (característica de gerúndio).
d) imperceptível (derivado parassintético). 
e) meia-idade (composto por justaposição). 

31) (PUC-PR) Na palavra infelizmente temos três partes com um significado próprio: in, feliz e mente. 

Assinale a alternativa em que todos os elementos constituem partes significativas da palavra desigualdades: 

a) de - si - gual - da - des. 
b) des - igual - dade - s. 
c) desi - gual - da - des. 
d) des - i - gual - da - des. 
e) desigual - dades. 

32) (PUC-RJ) Assinale a alternativa em que todos os itens são formados a partir de um verbo. 

a) sentimento, ventania, extinção, mofino 
b) resistência, regressar, cerebral, preocupação 
c) facilidade, pacificar, regularmente, alimentício 
d) fumaça, intimidade, prática, inexplorado 
e) explicável, sabedor, sofrimento, contemplação 

33) (UFPB) Os elementos mórficos sublinhados no trecho: 

"E justamente ela estava subindo a ladeira. Como na véspera, deu adeus;"

estão corretamente classificados, EXCETO em

a) –mente : sufixo adverbial
b) –va : desinência modo-temporal número
c) sub– : radical
d) –eira : sufixo nominal
e) –s : desinência nominal de número


Gabarito:

1) a) Tendo em vista que o radical é “forma” , ocorreu uma derivação prefixal.
    b) O radical classifica-se como substantivo, os demais, como verbos.
2) B   3) B  4) E  5) E  6) B  7) B  8) C  9) C  10) A  11) A  12) C  13) B  14) D  15) D  16) A
17) C  18) C  19) 3/1/2   20) C   21) B  22) C  23) B  24) E  25) E  26) B  27) B  28) B  29) E
30) D  31) B  32) E   33) E

3 comentários:

  1. Esse material é muito bom, mas tem algumas coisas que estão um pouco fora de ordem. Por exemplo: Existem questões que pedem para analisar a palavra ou o morfema grifado, mas não há nada grifado, logo, não tem como responder a questão. Outra coisa é sobre o gabarito da questão número seis: Ela diz o seguinte: "6. Assinale a alternativa sem desinência modo-temporal: a) aplaudias; b) acordou; c) faltarás; d) vendam; e) cobrasses."
    E o gabarito diz que é letra B, que na minha concepção está incorreto. A palavra "acordou" possui a desinência modo-temporal '-u' que indica o pret. perf. do indic. A única que não possui a desinência modo-temporal é a palavra "vendam", que corresponde à letra D.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alisson, a questão seis está correta, pois a palavra acordou nao possui desinência modo temporal , já a palavra vendam possui a desinência "a" que é do presente do modo do subjuntivo, e o "m" é desinência número pessoal indicando 3ª pessoa do plural.

      Excluir
  2. Porra Alisson! Muito bom você ter comentado isso, parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir